Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Patuscada

A cozinhar enquanto conto umas histórias e mando umas larachas que não são bem histórias.

Patuscada

A cozinhar enquanto conto umas histórias e mando umas larachas que não são bem histórias.

Tradicional VS. Bimby

por Renato, em 14.01.17

Vou tocar num tópico sensível.

 

iPhone - Foto 2017-01-08 19_59_00 (1).jpeg

 

Bimby. Estou fartinho de dizer para não mandarem um vendedor da Bimby à minha casa para fazer uma demonstração porque eu sei que vou comprar. Aliás, não precisava de ser um vendedor com as suas excelentes capacidades para me persuadir a comprar; bastava mandarem o Batatinha para fazer um bolo e mandar contra a minha a fuça que eu comprava.

 

A pergunta dos 100 milhões é “Renato, estás à espera do quê?”

 

Assim só a pensar alto, estou à espera de um dia abrir a porta de casa e ter uma Bimby à minha espera do outro lado; estou à espera que caia uma do céu amparada por pára-quedas num dia de passeio pelo Barreiro; estou à espera que o próprio Batatinha apareça cá em casa com uma Bimby mas que não me mande nenhum bolo à fuça.

 

No limite, estou só à espera de encontrar um bom negócio. Diz que se encontram bons negócios com malta que quer vender a sua Bimby.

 

(Esta última laracha que mandei é para ti que estás a ler isto e que queres vender a tua Bimby. Dá-me um toque!)

 

Tudo o que eu disser daqui em diante em relação à Bimby pode ser redutor mas é a humilde perspectiva de quem tem cerca de zero maquinetas destas. A Bimby que uso hoje neste post foi emprestada e decidi fazer uma receita que já fazia antes “manualmente”: um crumble, neste caso de banana e maçã.

 

Ora vamos lá. 

 

Na Bimby segui a seguinte receita:

Para o Crumble:

1. 100g de manteiga, 80g de açúcar, 150g de farinha, sal e programar 10 seg/vel 6. Reservar.

Para o recheio:

2. 1/2 Kg de maçãs e banana, sumo de meio limão, 40g de açúcar e 1 colher de chá de canela em pó 2 seg/ vel 4;

3. Aquecer 5 min/100º/vel 1. 

 

iPhone - Foto 2017-01-08 19_59_32.jpeg

 

4. Recheio num tabuleiro previamente untado com manteiga.

 

iPhone - Foto 2017-01-08 20_01_12.jpeg

 

5. Mistura do crumble por cima do recheio e forno pré-aquecido a 180ºC até ficar dourado.

 

iPhone - Foto 2017-01-08 20_30_47.jpeg

 

Ora na parte mais tradicional:

 

Para o Crumble:

1. Iguais quantidades em que a única diferença foi derreter a manteiga. Mexer até formar uma espécie de areia. Reservar.

 

iPhone - Foto 2017-01-12 20_42_15.jpeg

 

Para o recheio:

2. Numa frigideira, 50g de açúcar e um cheirinho de água; juntei a maçã e a banana; quando tudo já estava incorporado com a calda, juntei vinho de Porto e canela.

 

iPhone - Foto 2017-01-12 20_32_13.jpegiPhone - Foto 2017-01-12 20_33_50.jpegiPhone - Foto 2017-01-12 20_34_28.jpeg

 

3. Mistura do crumble por cima do recheio e forno pré-aquecido a 180ºC até ficar dourado.

 

iPhone - Foto 2017-01-12 20_44_50.jpeg

iPhone - Foto 2017-01-12 21_19_21.jpeg

 

Escusado será dizer que demorei menos 30 minutos com a Bimby. Sem dúvida nenhuma que esta é uma ferramenta que faz ganhar muito tempo na cozinha. A rapidez com que conseguimos fazer sopas, molhos ou massas para bolos deixa-me de joelhos com as mãos na face a súplicar por uma.

 

Há uma coisa que me deixa de pé atrás. Usar a Bimby para fazer uma refeição completa dá-me a sensação de perda de controlo, isto é, tenho a sensação de que não consigo voltar atrás para corrigir qualquer coisa relacionado com o sabor e textura.

 

Claro, eu sei que não é peremptório seguir a receita à risca mas… a piada da Bimby não é (também) estar tudo escarrapachado e pronto a fazer?

 

Agora, batendo na tecla da textura, eu tenho uma problema com consistências e não sei se tem sido azar mas cada vez que faço alguma coisa na Bimby, a consistência nunca sai aquilo que pretendo. Lá está, também pode ser a minha inexperiência prática.

 

Uma coisa é certíssima: para utilizar em alguns processos e dar pequenos saltos que nos fazer poupar muito tempo para outras tarefas é excelente! Fazer um molho bechamel em casa, cozer legumes a vapor ou, pegando na receita de hoje, fazer apenas o crumble na Bimby.

 

Sem dúvida nenhuma que é um excelente complemento na cozinha para qualquer um.

 

Comentem, partilhem, gostem e se quiserem podem chamar-me "pai"...

 

Até mais!

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Favoritos