Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Patuscada

A cozinhar enquanto conto umas histórias e mando umas larachas que não são bem histórias.

Patuscada

A cozinhar enquanto conto umas histórias e mando umas larachas que não são bem histórias.

Para todos os ressacados de bolos

por Renato, em 08.05.17

 

iPhone - Foto 2017-05-07 10_57_57.jpeg

 

Vá, façam lá a desintoxicação desse bolo de arroz ou desse rim cheio de creme de ovo do fim-de-semana.

 

iPhone - Foto 2017-05-07 10_57_59.jpeg

 

Se estão de ressaca de bolos, juntem 2 batatas-doces assadas, 1 pêra e 1 maçã ralada. Juntem-lhe 3 ovos. Mexam tudo muito bem. Mandem 2 copos de farinha de aveia, 1 colher de sopa de canela e 1 colher de chá de fermento em pó (opcional!).

 

iPhone - Foto 2017-05-07 10_57_58.jpeg

iPhone - Foto 2017-05-07 10_57_57 (1).jpeg

 

Eu optei por fazer um afundanço de uma pêra e uma maçã.

 

iPhone - Foto 2017-05-07 10_57_56.jpeg

 

Forno durante 30 minutos a 180º.

 

Este é o bolo chamado “quero-bolo-mas-já-não-é-dia-de-bolo”.

 

iPhone - Foto 2017-05-07 10_57_55.jpeg

 

Boa semana!

 

Vejam em

www.instagram.com/patuscada_by_renato_reis

www.facebook.com/patuscadablog

www.patuscada.blogs.sapo.pt

 

 

Declaração de Amor aos Bolos de Canela.

por Renato, em 28.03.17

iPhone - Foto 2017-03-23 18_20_09.jpeg

 

Fruto da paixão, quem já não comprou aqueles bolos do Ikea congelados?

 

Malditos; maldito bolo que molhado no café ainda sabe melhor.

 

Eu, que já fui viciado nesta loja que mais parece a toys'r'us para adultos, sou apaixonado pelos originais. 

 

Assim, fui tentar reproduzi-los feito aspirador de comida no geral. "Reproduzir" é optimismo dado que usei massa folhada e parece-me que a massa utilizada por eles é massa de brioche (?).

 

Então, lá fui eu.

 

É só fazer uma pasta de canela que fiz com óleo de côco, mel e canela.

 

iPhone - Foto 2017-03-23 18_06_54.jpeg

 

iPhone - Foto 2017-03-23 18_08_47.jpeg

 

Barrei a massa folhada com esta pasta de canela.

 

iPhone - Foto 2017-03-23 18_16_16.jpeg

 

Enrolei a massa e cortei-a com uns generosos 3 cm.

 

iPhone - Foto 2017-03-23 18_17_19.jpeg

 

iPhone - Foto 2017-03-23 18_20_09.jpeg

 

Forno, com cheiro de resistência no final. Temperaturas e tempos depende do forno.

 

Vá, sem medos, molhem no café.
 

iPhone - Foto 2017-03-23 19_00_27.jpeg

 

www.patuscada.blogs.sapo.pt

www.facebook.com/patuscadablog

www.instagram.com/patuscadablog

 

O lanche, os scones e as bolachas

por Renato, em 25.01.15

Hoje, quero-vos falar de duas coisas que podem fazer um bom lanche; e quero-vos ainda falar do "lanche" que também teve direito a ser inventado.

IMG_3179.JPG

O scone tem a sua antiguidade mais ou menos comprovada. É bem antigo, mas não se sabe se veio ali da Escócia, da Irlanda ou da Inglaterra. A 1ª referência ao tal scone foi de um poeta Escocês em 1513: portanto, depois da descoberta do Brasil em 1500, este deve ter sido o 2º maior feito da história.

IMG_3184.JPG

IMG_3185.JPG

De igual forma, a bolacha também já tem uma boa carreira que começa na Pérsia (agora Irão), passaram pelas Cruzadas e de repente viraram o melhor alimento para viagens.

IMG_3182.JPG

Estas duas coisas podem muito bem fazer parte de um lanche de tarde num grupo de amigos. A verdade é que, esta coisa do "lanche" que hoje em dia é vulgar e um grandessíssimo cliché, também teve direito a ser inventada num tempo em que só se tomava pequeno-almoço e jantar. Houve um dia em que a jovem rainha Vitória de Inglaterra e mais umas quantas baronesas se viram fartas de sentir um buraco no estômago a meio da tarde e, os Ingleses do pós-guerra andavam sedentos por rituais calmos e caseiros: criou-se o "Afternoon Tea" ou... o lanche!

Hoje, vou ter um lanche com amigos e foi isto que fiz para levar: scones e bolachas.

IMG_3181.JPG

Para as bolachas parti de uma receita normal: 175 g de farinha, 50 g de açúcar amarelo e 100 gramas de manteiga, depois, juntei-lhe aquilo que queria a que elas soubessem: maçã e gengibre numas; raspa de limão e canela noutras; e chocolate e pimenta rosa nas últimas.

O forno estava a 180º e não dei grande importância ao tempo: quando já estavam com aspecto de bolachas, tirei.

Já os scones, poderia ter corrido muito bem ou muito mal uma vez que, nunca tinha feito. Portanto e por ordem:

40 g de açúcar amarelo;

225 g de farinha;

1 colher de chá de fermento;

65 ml de leite de soja;

40 g de manteiga;

1 ovo;

Sal.

Juntei tudo e coloquei em bolas no tabuleiro de ir ao forno. Forno a 180º, durante 15 minutos.

Vou indo para o lanche de Domingo, onde já anunciaram que estaria presente um Brownie Vegan!  Quem sabe se um dia também não poderá vir até aqui...

Bom Domingo!

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Favoritos