Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Patuscada

A cozinhar enquanto conto umas histórias e mando umas larachas que não são bem histórias.

Patuscada

A cozinhar enquanto conto umas histórias e mando umas larachas que não são bem histórias.

Apresento-vos "A Cena":

por Renato, em 30.03.17

Conheço muito boa gente que se rasgava toda para ter um molho destes; também conheço muito boa gente que se rasgou toda nas silvas para apanhar molhos de espargos como estes.

 

iPhone - Foto 2017-03-29 22_13_23.jpeg

 

Minha mãe dizia para ter cuidado com os que comprava; dizia isto porque os espargos que nascem nas rochas amargam mais.

 

Há quem diga que comer espargos como estes tem um efeito de limpeza do organismo; há quem diga que é mito.

 

Eu digo que isto é A Cena. Do Alentejo veio A Cena.

 

Sonho um dia cair no El Dorado dos espargos.

 

Estou a pensar o que fazer com isto.

 

Migas de espargos? Espargos com ovos?

 

Estou cansado, vou comer.

 

www.patuscada.blogs.sapo.pt

www.facebook.com/patuscadablog

www.instagram.com/patuscadablog

 

 

Declaração de Amor aos Bolos de Canela.

por Renato, em 28.03.17

iPhone - Foto 2017-03-23 18_20_09.jpeg

 

Fruto da paixão, quem já não comprou aqueles bolos do Ikea congelados?

 

Malditos; maldito bolo que molhado no café ainda sabe melhor.

 

Eu, que já fui viciado nesta loja que mais parece a toys'r'us para adultos, sou apaixonado pelos originais. 

 

Assim, fui tentar reproduzi-los feito aspirador de comida no geral. "Reproduzir" é optimismo dado que usei massa folhada e parece-me que a massa utilizada por eles é massa de brioche (?).

 

Então, lá fui eu.

 

É só fazer uma pasta de canela que fiz com óleo de côco, mel e canela.

 

iPhone - Foto 2017-03-23 18_06_54.jpeg

 

iPhone - Foto 2017-03-23 18_08_47.jpeg

 

Barrei a massa folhada com esta pasta de canela.

 

iPhone - Foto 2017-03-23 18_16_16.jpeg

 

Enrolei a massa e cortei-a com uns generosos 3 cm.

 

iPhone - Foto 2017-03-23 18_17_19.jpeg

 

iPhone - Foto 2017-03-23 18_20_09.jpeg

 

Forno, com cheiro de resistência no final. Temperaturas e tempos depende do forno.

 

Vá, sem medos, molhem no café.
 

iPhone - Foto 2017-03-23 19_00_27.jpeg

 

www.patuscada.blogs.sapo.pt

www.facebook.com/patuscadablog

www.instagram.com/patuscadablog

 

Caldo de Cação que é Tubarão.

por Renato, em 27.03.17

 

Podia tentar mas não ia ser capaz de fazer igual.

 

 

iPhone - Foto 2017-03-25 15_18_42.jpeg

 

É comida da mãe, tia e avó; é comida da terra.

 

Um desabafo de meia-noite.

 

www.patuscada.blogs.sapo.pt

www.facebook.com/patuscadablog

www.instagram.com/patuscadablog

 

Chamuças para todos!

por Renato, em 25.03.17

Eu podia escrever um extenso texto sobre chamuças.

 

Podia contextualizar-vos historicamente e até dar-vos uma perspectiva política desta iguaria Indiana.

 

Não vou fazer nada disto, até porque vou mostrar-vos, a modos que envergonhado, as chamuças que fiz (sem fritar e direitinho para a malta vegan).

 

A chamuça surge primeiramente na antiga Pérsia no século XI e, é de tal forma uma receita antiga e com uma importância cultural que vou deixar-vos uma referência para mais tarde. Leiam, a vergonha de mostrar-vos as minha vem daqui.

 

De qualquer forma, cá vai:

 

Precisei de azeite, sal, pimenta e pó de caril; legumes cortados em juliana; e duas folhas de massa filo.

Para o molho de iogurte, precisei de iogurte natural sem açúcar; um dente de alho, sal e pimenta.

 

Toca a aquecer o azeite e a refogar os legumes; temperar com sal, pimenta e pó de caril a gosto. Conteúdo feito.

 

iPhone - Foto 2017-03-12 17_07_08.jpeg

 

iPhone - Foto 2017-03-12 17_07_34.jpeg

 

iPhone - Foto 2017-03-12 17_11_12.jpeg

 

Toca a cortar as folhas de massa filo em rectângulos.

 

iPhone - Foto 2017-03-12 17_16_01.jpeg

 

Colocar o conteúdo numa das pontas do rectângulo e começar a fazer triângulos. Fácil.

 

iPhone - Foto 2017-03-12 17_16_22.jpeg

 

Pôr as chamuças num tabuleiro e levar ao forno 30 minutos a 180º.

 

iPhone - Foto 2017-03-12 17_37_38.jpeg

 

O molho de iogurte é só juntar iogurte natural, com alho e temperar com sal e pimenta. Levar à 1,2,3 e está feito.

Aqui vai. Muitas chamuças para vocês!

 

iPhone - Foto 2017-03-12 19_24_25.jpeg

 

www.patuscada.blogs.sapo.pt

www.facebook.com/patuscadablog

www.instagram.com/patuscadablog

 

Encarnem as avózinhas e façam em casa.

por Renato, em 23.03.17

iPhone - Foto 2017-03-22 20_03_29.jpeg

 

Vocês façam é um controlo de qualidade bem minucioso em relação ao que entra nesse corpinho

 

O melhor é ir ao supermercado encarnando a vossa avó: se houver alguma palavra que não percebam no rótulo, é para voltar para a prateleira.

 

Em alternativa, podem sempre optar por fazer em casa. Em algumas circunstâncias pode não compensar fazer em casa, tanto por sair mais caro como por dar mais trabalho.

 

No entanto, numa perspectiva de custo-benefício, talvez seja sempre a melhor opção interpretar e reproduzir em casa aquilo que querem comprar. 

 

Não me atirem para cima húmus, molhos vinagretes ou chili de compra. Isso faz-se.

 

E manteiga de amendoim? Já tentaram? 

 

O desafio é perceber se compensa.

 

Eu comprei 500g de amendoim cru por 2,99€. Usei 300g.

 

iPhone - Foto 2017-03-22 19_18_52.jpeg

 

Torrei na frigideira e ainda foram 10 minutos a 180º ao forno.

 

iPhone - Foto 2017-03-22 19_14_33.jpeg

 

Piquei até ficar com uma consistência granulada, quase pastosa.

 

iPhone - Foto 2017-03-22 19_36_58.jpeg

 

Acrescentei 1 colher de sopa de óleo de côco e piquei até ficar com a consistência que quis.

 

iPhone - Foto 2017-03-22 19_22_17.jpeg

 

No fim, 1 colher de café de sal.

 

iPhone - Foto 2017-03-22 19_48_02.jpeg

iPhone - Foto 2017-03-22 19_55_01.jpeg

 

300g (1,79€) de amendoim cru deu para 250g de manteiga de amendoim. Podem sempre substituir o óleo de côco por água para a mudança de consistência. 

 

O que acham? Contem.

 

Aqui vai. Aceitam-se provadores. Recrutamento aberto, enviem mensagem.

 

Tomem lá mais um sobremesazinha saudável! *

por Renato, em 22.03.17

iPhone - Foto 2017-03-22 17_08_22.jpeg

 

Oh mas que bem, saudávelzinho, o menino!

 

Deve ser para as meninas e o vinho com quem um tal de presidente do eurogrupo diz que andas a gastar dinheirinho.

 

Só falta mesmo essa bóia de salvação, esse pneu de camião, à volta do teu abdómen. 

 

Excepto isso e o ginásio que pagas todos os meses sem lá pores esses teus pés que mais parecem barbatanas pelo som do andar, tudo bem!

 

Só por isso e já que vai apetecer-te sobremesa depois daquele jantarzinho de sopa de espinafres passada, faz o seguinte:

 

Junta um 2 abacates, 1/2 banana, 1 iogurte natural, 3 colheres de sopa de chocolate em pó e hortelã a gosto.

 

iPhone - Foto 2017-03-22 17_08_22 (1).jpeg

 

iPhone - Foto 2017-03-22 17_08_21.jpeg

 

Tritura tudo e vai lá encher o bandulho sem tanto peso nessa cabeça que já tem mais gordura que consciência.

 

iPhone - Foto 2017-03-22 17_08_20.jpeg

 

* todas as ofensas são dirigidas ao autor.

 

www.patuscada.blogs.sapo.pt

www.facebook.com/patuscadablog

www.instagram.com/patuscadablog

 
 

Tomem lá uma sobremesa saudável!

por Renato, em 20.03.17

Rápido, rápido que não tenho tempo. 

 

iPhone - Foto 2017-03-18 20_05_11.jpeg

 

Juntem frutos vermelhos congelados, um abacate e uma banana. Tritura tudo. Se quiserem mais doce, vão acrescentando mel. 

 

iPhone - Foto 2017-03-18 18_59_05.jpeg

 

iPhone - Foto 2017-03-18 19_01_34.jpeg

 

Têm sobremesa para hoje. E mantenho-me na categoria das cenas saudáveis porque vem aí o Verão. 

 

www.patuscada.blogs.sapo.pt 
www.facebook.com/patuscadablog 
www.instagram.com/patuscadablog

 

 

Bolachas sem ressentimentos.

por Renato, em 19.03.17

Podia bem ser aquela bolacha digestiva; aquela bolacha que provar uma não chega; aquela bolacha que se degusta-só-que-não-porque-para-provar-a-sério-tenho-de-comer-cinco-ou-seis-de-uma-assentada.

 

Não é.

 

Dá para desenrascar, mas não é tão perfeito. É comparável, mas não são As Bolachas Digestivas, essa entidade mundial que tem por objectivo viciar o palato naquele sabor meio torrado.

 

Sem dúvida que são boas e têm uma vantagem (acho eu): podem encher a boca com dezasseis bolachas de aveia destas sem que estejam a ingerir cerca de mil calorias!

 

No fundo, estou a caminhar no sentido de cozinhar coisas que possa comer sem grande peso de consciência. É legítimo.

 
Assim, cá vai.
 

iPhone - Foto 2017-03-18 18_24_49.jpeg

 

Bater um 1 ovo com 2 colheres de sopa de mel. Juntar 1 banana e coco ralado. Juntar 1 iogurte natural. Juntar 4 colheres de sopa de farinha de aveia.

 

iPhone - Foto 2017-03-18 18_27_41 (1).jpeg

 

Vai ao forno 30 minutos a 180º, com um cheiro de resistência de cima no final.

 

iPhone - Foto 2017-03-18 19_02_01 (1).jpeg

 

Agora é encher a boca com o máximo de bolachas possível.

 

iPhone - Foto 2017-03-18 19_04_24 (1).jpeg

 

Vejam em também este mega vídeozinho super amador e com péssima qualidade de imagem.

 

 

 

Até mais!

 

Comer o máximo de bolachas no mínimo tempo possível

por Renato, em 18.03.17

Estas podem.

 

Daqui a nada vão sair umas bolachas de Sábado à tarde. 

 

A modos que bolachas saudáveis (eu prometo que vou parar com isto do saudável).

 

iPhone - Foto 2017-03-18 18_32_13.jpeg

 

Vou mostrar-vos amanhã.

 

www.patuscada.blogs.sapo.pt

www.facebook.com/patuscadablog

www.facebook.com/patuscadablog

 

 

Dr. Detox: parte 2 (e chega)

por Renato, em 15.03.17

Parte 2 do Dr. Detox. Prometo que não chateio mais, até porque ontem bebi um sumo com espinafres e laranja (??!) ao almoço para depois ir intoxicar-me de pipocas e hambúrgueres ao jantar.

 

Que mais esperar de mim?

 

Só naquela de ser uma coisa fácil de fazer, sem açúcar e mais saudáveis em relação às tradicionais (por favor, não me tirem as tradicionais!), trago-vos as panquecas de 3 ingredientes.

 

3 colheres de sopa de aveia integral

2 ovos pequenos

1 banana madura

 

Tudo a triturar, frigideira e taarááá.

 

 

Vá, substituam lá as vossas torradas com mantega e o galão por isto. Pelo menos uma vez por semana!

 

Vejam em

 

www.patuscada.blogs.sapo.pt

www.facebook.com/patuscadablog

www.instagram.com/patuscadablog

 
 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Favoritos